Chá de Perpétua roxa

Para receita, inicie com: Receita, nome da receita
Para restaurante, inicie com: Restaurante,nome, localidade
Onde comer determinado prato, inicie com: Onde Comer nome do prato, localidade

Chá de Perpétua roxa

A perpétua roxa tem ação antimicrobiana, antioxidante e anti-inflamatória. Devido às suas propriedades medicinais a perpétua roxa pode ser usada para ajudar no tratamento de situações
dores de cabeça, garganta inflamada, dor de estômago, tosse, laringite, ondas de calor, hipertensão, tosse, alivia sintomas de asma, diabetes, hemorroida e para soltar o catarro. Em decocção pode ser usado como diurético, para diminuir a acidez estomacal, combater as doenças das vias respiratórias, e ajudar na digestão. Combate eficazmente os radicais livres, substâncias responsáveis pelo processo de envelhecimento e outras doenças degenerativas. Reduz o mau colesterol e atua como um calmante natural.

Preparação

  • 6 flores secas
  • 1/2 litro de agua fervente
  • Modo de preparo:
  • Adicionar as flores secas em 1/2 litro de agua já fervida, tampe e deixe repousar por 10 minutos.
  • Coe e sirva na temperatura ideal.
  • Tomar de 2 a 3 xicaras ao dia, sendo 1 de manhã e outra ao deitar

Benefícios medicinais de: Chá de Perpétua roxa

    Chá de Perpétua roxa pertence ao grupo de:
  • Chás para a Asma 
  • Chás que auxiliam no alívio das dores intestinais
  • Chás calmantes 
  • Chás para aliviar a tosse 
  • Chás para problemas de garganta 
  • Chás que auxiliam no tratamento das hemorroidas 
  • Chás para ajudar a digestão 
  • Chás diuréticos 
  • Chás que ajudam no controlo da diabetes 
  • Chás para melhorar o colesterol 
  • Chás para controlar a hipertensão 
  • Chás que auxiliam no tratamento da laringite 
  • Chás para aliviar a dor de cabeça 
  • Chás que auxiliam no tratamento do catarro 

Classifique este chá

Classificação actual com base em 1 Avaliações
Carregue na estrela pretendida para classificar

Deixe o seu comentario

Comentários ( 0 )


Esta receita foi consultada 3895 X - Desde: 2020-11-22 - Partilhado por: Abigail Flauzino